sexta-feira, 19 de setembro de 2014

O Batizado de Jesus

O batizado de Jesus por João Batista


Jesus nasceu em Belém, na Judeia. E foi morar em Nazaré, na Galileia. Ele viveu na terra de sua mãe Maria aproximadamente 30 anos assumindo tudo o que faz parte da nossa vida humana, menos o pecado. Ele cresceu ajudando seu pai José que era carpinteiro.
Enquanto Jesus crescia, João Batista seu primo, filho de Zacarias e Izabel também crescia em humildade, coragem e zelo apostólico, em vida adulta João pregou a vinda do Messias e assim "preparou os caminhos do Senhor". Pregando no deserto a penitência (penitência, que significa mudança de atitude): o que vive em pecado deixe o pecado; o virtuoso seja virtuoso. E dava o exemplo. Ao ponto de ser confundido com o Messias. O Deus do qual ele falava e vivia em seu coração. Ele foi o precursor de Jesus Cristo, isto é, preparava o povo para a vinda do Messias.
João Batista pregava um batismo de arrependimento para o perdão dos pecados. Aqueles que reconheciam seus pecados e se arrependiam eram purificados na água: Sinal de que tinham vontade de mudar de vida. Ele batizava nas águas do Rio Jordão (próximo ao Deserto da Judeia), todos os que se propunham a mudar de vida. E uma multidão de pessoas deixava-se batizar por ele. Muitos acreditavam que João Batista era o Messias. Mas ele sempre respondia lembrando uma profecia de Isaías: "Eu sou a voz que clama no deserto: endireitai o caminho do Senhor" (Jo 1,23).

E João Batista também dizia: "Eu batizo com água, mas no meio de vós está quem vos não conheceis. Esse é que vem depois de mim; e eu não sou digno de lhe desatar a correia do calçado" (Jo 1,26-27)
Até o dia do seu  Batismo, Jesus vivia desconhecido no meio do seu povo. Um dia, Ele foi ao Rio Jordão para ser batizado por João Batista.  Jesus pediu para ser batizado. Ele não precisava, mas quis nos mostrar que viera para assumir os nossos pecados, deixando-se contar entre os pecadores e nos dar um exemplo de humildade. Quando João Batista viu Jesus que vinha a ele, disse: "Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo. É esse de quem eu vos falava: Depois de mim virá um homem que me é superior, porque existe antes de mim" (Jo 1,29-30). João hesita em batizar Jesus, pois sabia que Ele não tinha pecado e lhe diz: "Eu devo ser batizado por Ti e Tu vens a mim? Mas Jesus lhe respondeu: Deixa por agora, pois convém cumpramos a justiça completa. Então, João cedeu" (Mt 3,14-15).
Quando Jesus foi batizado, João Batista viu o Espírito de Deus descer como uma pomba e repousar sobre Jesus. Ao mesmo tempo uma voz se fez ouvir: "Eis meu Filho muito amado em quem ponho a minha afeição" (Mt 3,17). Esta foi uma manifestação da Santíssima Trindade: Pai, Filho e Espírito Santo.
Com estas palavras, Deus Pai nos indica que Jesus é o Salvador do mundo: Ele é o homem novo, que vence o pecado e a morte. Com Ele e por meio dEle, uma multidão de irmãos de todas as raças e culturas, tornam-se o princípio de uma humanidade nova.
Após o Batismo no Jordão, repleto do Espírito Santo, Jesus foi para o deserto, onde permaneceu durante 40 dias e foi tentado por Satanás (Mt 4,1-11). Tendo vencido o demônio, Jesus foi morar em Cafarnaum, junto ao mar da Galileia, onde iniciou sua vida pública.

Jesus é o servo de Deus, que veio para reorganizar o povo espalhado e ser a luz para todas as nações. 

terça-feira, 17 de junho de 2014

Palavrinhas mágicas para aprender colorindo.

Com essas poucas palavras podemos mudar o mundo.

Pintando e aprendendo a ser sempre educado com todos ao nosso redor.











Os Mandamento em 3 partes.

Os Mandamentos dividem-se em 3 partes.

Para que os catequizandos compreendam os mandamentos, expliquei a eles por partes. 
E o sentido de cada uma.
 1°,2°e 3° Falam sobre o Respeito e o Amor a Deus.
4°,5° e 6° Falam sobre a valorização a Vida.
7°,8°,9° e 10° Falam sobre a honestidade, verdade e a justiça.